Vida flutuante: as casas-barco de Amsterdam, na Holanda

Quando pensamos em Amsterdam, além das bicicletas, flores e roupas de frio, também lembramos dos vários canas de rios que cortam a cidade, que está localizada abaixo do nível do mar.

Se você caminhar por lá, vai encontrar, ao longo dos canais, inúmeras casas flutuantes ancoradas às calçadas, as chamadas casas-barco. Comparando a cena à nossa realidade, tudo isso pode parecer estranho, não é? Por lá é algo extremamente comum.

conexaoamsterdam.jpg.1340x450_default.jpg

Foto: reprodução / ConexaoAmsterdam

 

Atualmente, existem, mais ou menos, 2500 casas-barco pelos rios de Amsterdam, e apenas uma pequena parcela desse total representa casas disponíveis para locação ou hotéis. Isso quer dizer que, de fato, muitas famílias vivem em casas flutuantes, balançando levemente com o movimento do rio.

Estão enganados os que pensam que essas moradias representam locais precários ou sem conforto. Além de totalmente conectadas com o sistema elétrico e sanitário da cidade, todas as casas-barco se caracterizam como exclusivas, e algumas até luxuosas, principalmente pelo fato de não ser mais possível instalar uma casa dessas em um dos rios da cidade.

blog-radissonblue.jpg.1340x450_default.jpg

Foto: reprodução / blog.radissonblue

 

Além do mais, existem dezenas de casas dessa variedade disponíveis para locação, das mais simples às mais luxuosas, onde os turistas podem passar seus dias hospedados em uma dessas exóticas moradias, tão icônicas para a cultura holandesa.

Fonte: Amsterdam.infoConexaoAmsterdam